Acusado de matar o Advogado Eliel se entrega a polícia

Compartilhar

Via O Câmera: 
Como estava com mandado de prisão em aberto, depois de ser ouvido, “Júnior Preto” foi encaminhado a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, onde deverá ficar à disposição da Justiça.

Foto: O Câmera. 

Ialamy Gonzaga “Júnior Preto”, acusado de envolvimento na morte do advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, de 25 anos, se apresentou na Delegacia de Homicídios de Mossoró, na manhã desta segunda-feira, 25 de abril. Como estava com mandado de prisão em aberto, depois de ser ouvido, “Júnior Preto” foi encaminhado a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, onde deverá ficar à disposição da Justiça.

O advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior foi assassinado no meio da Rua Artur Bernardo, no bairro Boa Vista, em Mossoró, no último dia 09, com cerca de 9 tiros de pistola 9 mm. Durante as investigações, a equipe da Delegacia de Homicídios chegou ao principal suspeito do crime, mas não conseguiu localizá-lo.

De acordo com informações da polícia, na noite do crime, o assassino teria confundido a vítima com um assaltante, versão muito contestada. Segundo o advogado da família, Eliel Júnior foi morto por homofobia. 

Júnior Preto confessou o crime, mas disse em seu depoimento que matou o advogado Eliel, achando que o mesmo seria um assaltante.

Fonte: O Câmera.

Compartilhar

0 comentários em "Acusado de matar o Advogado Eliel se entrega a polícia "

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
WILL VICENTE RECOMENDA