.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

ACJUS e ASCRIM homenageiam Milton Marques; Segundo volume de Déjà Vu é lançado


O dia 9 de julho marca a data natalícia do imortal Milton Marques de Medeiros que partiu em 2017. A noite do aniversário do eterno professor foi marcada por uma série de homenagens promovidas pela Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS) e pela Associação dos Escritores de Mossoró (ASCRIM), entidades que Milton Marques era sócio-fundador.

A sessão Magna da Saudade in memoriam foi realizada no auditório da OAB. Se vivo estivesse, Milton Marques estaria completando 78 anos de idade. A sessão composta de três atos iniciou com a oração acadêmica do presidente de honra Elder Heronildes que proferiu discurso emocionado. Em seguida, a ACJUS fez entrega a Zilene Medeiros e aos familiares de uma moldura com uma foto de Milton ampliando ainda mais as ações com vistas a sua imortalidade acadêmica. A ACJUS ainda teve atos de imortalidade de Milton que foram promovidos pela ASCRIM e conduzidos pelo presidente Francisco da Silva Neto. No último ato, houve a oração proferida por Zilene que falou sobre a história de vida do seu falecido esposo.

Ao final, houve ainda o lançamento do 2º volume do livro escrito por Milton Marques, o Déjà Vu, a trilogia. Milton Marques lançou em vida o primeiro volume na ocasião em que tomou posse na AMOL e há previsão de lançamento do terceiro e derradeiro volume da obra.

A primeira parte da solenidade foi exibida no Première da TCM do último sábado e o programa do dia 21 levará ao ar a última parte do evento, às 19h.