.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

95 FM vence Prêmio de Jornalismo do Ministério Público



A reportagem “A Lei na Melhor Idade” da rádio 95 FM se consagrou a vencedora do V Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), na categoria Radiojornalismo.  O anúncio foi feito hoje pela manhã, em evento realizado na sede da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), em Natal. A equipe campeã é formada por Moisés Albuquerque, Tárcio Araújo, Elisângela Moura e Fabiano Júnior.
“Há quatro anos estávamos eu e Tárcio aqui em Natal para receber o prêmio FIERN de Jornalismo. Lembro que ao chegarmos de volta à TCM, doutor Milton Marques nos recebeu na sala dele e fizemos uma foto comemorativa. Ele sempre foi um entusiasta da comunicação e vibrava com as conquistas da rádio. Hoje subimos mais uma vez ao lugar mais alto do pódio, só que para o Prêmio de Jornalismo do Ministério Público. Em nome da equipe que trabalhou nessa produção, dedico essa vitória ao professor. Ele certamente está vibrando junto com o time da 95 FM/TCM. Agradecer ainda o apoio de sempre da direção, nas pessoas de Zilene Medeiros e Janaina Nunes”, disse o jornalista Moisés Albuquerque.

Os trabalhos inscritos foram avaliados por uma banca composta pelos jornalistas Breno Perruci, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte (Sindjorn); Marília Rocha, coordenadora de Comunicação da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte; Zenaide Castro, assessora de Comunicação da Associação do Ministério Público do RN; Marina Lino, chefe do Setor de Imprensa do MPRN; e Giselle Ponciano, analista de Comunicação do MPRN. A premiação reconheceu os melhores trabalhos jornalísticos veiculados no Estado sobre a temática “MPRN 125 anos: na defesa dos direitos da sociedade potiguar”.

“O jornalismo TCM recebe prêmio com destaque na construção da informação. O merecimento é resultado do profissionalismo. A premiação é símbolo da competência. Felizes estamos por vocês da equipe serem TCM”, parabenizou a diretora do Grupo, Zilene Medeiros.