.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Nevinha Gurgel lança livro sobre o centenário do Colégio Diocesano Santa Luzia



O Colégio Diocesano Santa Luzia teve uma noite especial nesta quarta-feira, 26 de abril. A professora Maria das Neves Gurgel lançou o livro ‘100 Anos Educando Gerações – um marco na educação norte-rio-grandense’, que relata os fatos vividos ao longo do centenário da escola, completado em 2001. A solenidade aconteceu na sala Padre Mota, com a presença de alunos e ex-alunos, diretores, funcionários e ex-funcionários, além de autoridades convidadas.

"Esta é uma noite premiada de sensibilidade e fortes emoções. O Livro '100 Anos Educando Gerações' registra os fatos importantes, entre os anos de 1901 a 2001, do Colégio Diocesano. Essa obra foi possível graças ao zelo dos diretores desta escola. Valeu a dedicação para que o livro fosse criado, a partir da memória dos que aqui passaram. Não foi um trabalho feito apenas por mim, Nevinha, mas por muitas mãos que colaboraram nessa construção", comemorou a autora Maria das Neves Gurgel.


A obra foi publicada pela Editora Sarau das Letras, com prefácio e posfácio escritos, respectivamente, pelos diretores do Colégio Diocesano, Padre Sátiro Cavalcanti Dantas e Padre Charles Lamartine.

Em seus discursos, os padres Sátiro e Charles agradeceram a todos os que ajudaram a construir a história do Diocesano de Mossoró, sobretudo às equipes que se dedicaram a fazer da escola uma referência na educação do Estado potiguar.

"O Colégio Diocesano nada seria se não fosse a dedicação de toda a equipe, o empenho em fazer da escola uma realidade da educação do Rio Grande do Norte", lembrou Pe. Sátiro. "Agradeço a todos que passaram por aqui e também aos que hoje fazem o Diocesano ser o ambiente escolar de tantas crianças e jovens. Essa casa é um nascedouro de intelectuais. Que Deus abençoe a história do Diocesano na formação dos cidadãos!”, concluiu Pe. Charles.

A noite teve ainda as apresentações culturais do coral Santa Luzia, que entoou os hinos da escola e do centenário, e do grupo de dança Diocecena.


fotos cedidas pela assessoria.